Portugal reflete futuro dos cassinos no Brasil?

Por Gabriela Canário
Publicado 20/07/2021

Brasileiros x portugueses: alguma semelhança?

A mesma língua e uma cultura oriunda de um processo de colonização que remete há mais de 500 anos de volta ao passado. É possível encontrar traços portugueses em vários cantos no Brasil. O país tropical, apesar de ter conquistado independência, leva consigo um pouco do país colonizador. 

As influências também ocorrem de forma contrária. Pelo número elevado de brasileiros em Portugal, o país europeu, agora, aprendeu a comer picanha com farofa, escutar Ivete Sangalo e sambar como o Brasil. Mas, mudando um pouco de segmento, ambos, inclusive, possuem uma outra grande paixão em comum: os jogos de apostas esportivas e de cassino. 

Brazucas, Tugas e as apostas:  

É verdade que o Brasil ainda tem muito o que aprender no quesito regulação de apostas. Enquanto o país do futebol ainda debate a situação no Congresso Nacional, com os cassinos físicos proibidos desde 1940, Portugal foi o pioneiro em cassinos na Europa e possui um órgão regulador que fiscaliza toda a movimentação de apostas, sejam elas físicas ou online, em todo o país. 


Entretanto, apesar dessa disparidade, tem uma coisa que Brazucas e Tugas amam comumente: as máquinas caça-níqueis!  Nas terras lusas, por exemplo, as slots são responsáveis por mais de 73% das apostas onlines no país. A brazucada, que não fica para trás, é consumidora ativa dos caça-níqueis clássicos, aquelas tradicionais de frutas e números. 

Situação no Brasil reflete panorama europeu década passada

Mas, onde o Brasil se espelha nas terras lusas? 

Bem, de forma geral, a situação latino-americana reflete o panorama europeu de uma década atrás. Especialistas acreditam que o Brasil e outros países vizinhos percorrem, no momento, o mesmo caminho que a Europa percorreu.  Não que estejamos atrasados nesse desenvolvimento, mas os processos são diferentes de acordo com as regiões. 

“As duas regiões não são de forma alguma intercambiáveis, mas olhar para a situação na Europa nos permite ver o que espera a América Latina”, afirmou o diretor de Desenvolvimento de Negócios da OneTouch, Unai Concha Olabarrieta, durante 3ª edição do CasinoBeats Summit, em Malta, na Europa. 

A executiva de Desenvolvimento de Negócios na América Latina da Habanero, Vera Motto, explicou que “a penetração do cartão de crédito é baixa na América do Sul em comparação com outras regiões, como a Europa”. Ou seja, atrair jogadores no Brasil significará prestar atenção à tradição local, afirmou ela, ao mencionar o lançamento do slot Hot Hot Fruit, na América Latina, um jogo tema clássico, como o Brasileiro gosta. 

Documento cita Cassinos em Portugal como exemplo para o Brasil

Em 2016, o Presidente da Mesa de Assembleia Geral da Associação Portuguesa de Casinos, membro do Conselho de Curadores da Fundação luso-brasileira e ainda Presidente do Conselho Fiscal da Casa da América Latina, Mário Assis Ferreira, apresentou um documento que foi publicado pela Câmara Legislativa do Brasil sobre a importância de uma legislação de jogos  para casinos e demais operadores de jogos a implementar no Brasil

“O Brasil renuncia, desde há décadas, as gigantescas receitas tributárias geradas pelo jogo legal, cuja a sede de referência na escala mundial, sobre os cassinos….”. Outro trecho complementa “o que tolda a exemplo internacionais mais bem sucedidos, designadamente em Portugal, nos cassinos da Estoril-Sol, em que um cassino é concebido como uma Shopping Center de Lazer”.

O documento traz dados importantes dos números em Portugal, depois de regulamentar as apostas no país, em 2015. Só este ano, de acordo com o Serviço de Regulação Inspeção de Jogos (SRIJ), Portugal registou uma receita bruta de 128,3 milhões de euros gerada pela atividade de jogos e apostas online no país, somente no primeiro trimestre de 2021

Portugal e a regulamentação dos cassinos 

O Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos do Turismo de Portugal (SRIJ) regula o jogo e as apostas esportivas no país. A regulamentação é recente, remetendo ao ano de 2015, quando os portugueses ativaram o mercado como legislado e regulado. A iniciativa visionava a extinção do  jogo ilegal, criando uma estrutura mais segura. Desde então, o órgão emitiu 710 notificações para encerramento de atividades. 

Os números obtidos pelo país, que  registrou uma receita bruta de 128,3 milhões de euros gerada pela atividade de jogos e apostas online, somente no primeiro trimestre deste ano, têm revelado que a regulação foi bastante positiva.

O caminho que o Brasil percorre… de encontro a Portugal!?

Com a regulamentação, aguarda-se a formalização de mais de 160 mil empregos com a atividade e o aumento de turistas para cerca de 12 milhões anuais. O regulamento deve ainda intensificar o catálogo de sites de apostas e cassinos online que já operam no Brasil com licenças emitidas por outros países. 

O toque final deve ocorrer com o surgimento de empresas nacionais da área, como é o caso de muitos países com operadores locais dentro de Portugal.